As turmas do Terceiro ano do Fundamental 1 trabalharam o sistema monetário de uma forma divertida e muito gostosa. 

Nós sabemos que a sociedade está cada vez mais consciente da importância de prover educação financeira nas escolas. A premissa básica para que isso aconteça é parar com “essa história de que dinheiro não é assunto de criança”, como defende a pedagoga financeira Eliane Martins. 

Apesar da falta de conscientização financeira ainda ser um gargalo no Brasil, um projeto de lei foi criado em 2009 em prol da inclusão da disciplina ‘educação financeira’ junto às aulas de matemática em escolas particulares e públicas. 

Afinal, devemos ter em mente que as crianças são também consumidoras e precisam aprender a usar o dinheiro com inteligência.  

Nesse contexto, os pais e a escola são fundamentais na formação de cidadãos cientes de seu papel no desenvolvimento econômico e social do país.

De acordo com uma pesquisa realizada por especialistas do Banco Mundial, as crianças com sólida educação financeira possuem mais facilidade de pensar no futuro e planejar suas economias.

Leia a matéria na íntegra, clique aqui.

Contribuição blog.rico.com.vc

[fbcomments]

ARTIGOS RELACIONADOS